Projeto Agrupado

Brazilian Amazon

REDD+ APD (Avoid Planned Deforestation)

O Projeto Agrupado Brazilian Amazon é uma iniciativa que visa a conservação florestal em áreas de excedente de Reserva Legal de propriedades privadas localizadas nos nove estados da Amazônia Legal.

Este é um projeto de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação (REDD+), na categoria de desmatamento planejado evitado (APD), registrado na plataforma Verra com a ID 2551.

Realizado

2021-23

+5 milhões

tCO2e evitados

2021-23

+30 mil

ha sob conservação

Realizado

Projeção

Projeção 2021-32

+50 milhões*

tCO2e evitados

Projeção 2021-32

+157 mil

ha sob conservação

*Projeção com base em áreas em andamento, em desenvolvimento e crescimento orgânico.
Localizado na

Amazônia Legal

Status

Em andamento

REDD+APD

Líquido
e Certo

Um projeto REDD+APD consiste basicamente em evitar o desmatamento de áreas legalmente autorizadas à supressão da vegetação. Os proprietários abrem mão de usar essas áreas para agricultura ou pecuária e comprometem-se a mantê-las conservadas por 30 anos.

REDD+APD

Base Segura
e Verificável

Resguardado da complexidade da linha de base dos projetos REDD+AUD, bem como das mudanças metodológicas em curso, o projeto Brazilian Amazon fornece uma linha de base consistente e robusta, com uma adicionalidade sólida e transparente.

Os projetos de REDD+ APD conseguem efetivamente evidenciar a real intenção do desmatamento, sendo capaz de proporcionar uma linha de base segura e verificável, não afetada pelas atuais atualizações metodológicas de REDD+ em curso na Verra.

Histórico do Projeto

Melhores momentos e linha do tempo

Abril a maio de 2021: Diagnóstico socioeconômico e 1º levantamento de biodiversidade (PAI # 1 a 5)

Julho de 2021: CLPI (PAI # 2 a 5)

Julho a agosto: Inventário florestal de biomassa (PAI # 1 a 5)

Agosto de 2021: Assinatura do acordo de conservação com o proprietário (PAI # 1 a 5)

Agosto de 2021: Análise de potabilidade da água (PAI # 2 a 5)

Agosto a outubro de 2021: Fase 1 da inclusão digital (5 torres e 70km de fibra óptica)

Setembro a outubro de 2021: Diagnóstico socioprodutivo (PAI # 2 a 5)

Outubro de 2021: Dia de Campo de gestão de agricultura sustentável (PAI # 2 a 5)

Outubro de 2021: 2º levantamento de biodiversidade (PAI # 1 a 5)

Outubro de 2021: Campanha Outubro Rosa – palestras e atendimentos voltados à saúde das mulheres (PAI # 4)

Outubro de 2021: Informatização e inclusão digital de 2 escolas (PAI # 4)

Outubro de 2021: 1º distribuição de sistemas fotovoltaicos e hidráulicos (PAI # 2, 3 e 5)

Outubro de 2021: Mapeamento social, cultural e ambiental  (PAI # 2 e 5)

Outubro de 2021: Atividades de educação ambiental (PAI # 2 a 5)

Outubro de 2021: Entrega de filtros de água (PAI # 2 a 5)

 

Março a abril de 2022: Reuniões de planejamento com as comunidades (PAI # 2 a 5)

Março de 2022: Início do mapeamento de castanheiras (PAI # 4)

Maio de 2022: Assinatura de acordo de conservação com o proprietário (PAI#6)

Maio a junho de 2022: Inventário florestal de biomassa (PAI # 7 a 15)

Maio de 2022: Assinatura do acordo de conservação com o proprietário (PAI # 7 e 8)

Maio de 2022: Validação e verificação Verra

Junho de 2022: Diagnóstico socioeconômico (PAI # 7 a 15)

Junho de 2022: Fase 2 da inclusão digital (4 torres)

Junho a julho de 2022: 1º levantamento de biodiversidade (PAI # 8 a 11, 14 e 15)

Julho a agosto de 2022: Inventário de carbono no solo e serapilheira (PAI # 8 a 11, 14 e 15)

Julho a agosto de 2022: Reforma de Escola Yolanda (Seringal Porongaba, Sena Madureira/AC)

Agosto de 2022: Dia de Campo de gestão e boas práticas agrícolas (PAI # 7 a 15)

Agosto de 2022: 3º levantamento de biodiversidade (PAI # 2 a 5)

Agosto de 2022: Assinatura do acordo de conservação com o proprietário (PAI # 15)

Agosto a setembro de 2022: uso do LiDAR para mensuração do estoque de carbono (PAI # 2 a 5)

Setembro de 2022: Campanha de atendimento médico e odontológico (PAI # 2 a 5)

Setembro de 2022: 3º levantamento de biodiversidade (PAI # 1)

Setembro de 2022: Reforma da Escola Manuel Rufino (Seringal Porongaba, Sena Madureira/AC)

Novembro de 2022: Instalação de poço artesiano (Comunidade Vila Brasil, Paragominas/PA)

Novembro de 2022: Certificação FSC de conservação e gestão florestal (PAI # 2)

Novembro de 2022: Registro e emissão dos primeiros créditos

Fevereiro de 2023: Reuniões de engajamento social (PAI # 1)

Fevereiro e março de 2023: Reuniões de planejamento com as comunidades (PAI # 2 a 5)

Abril de 2023: Verificação Verra

Agosto de 2023: Início de construção de escola (Comunidade Irmã Dorothy, Paragominas/PA)

Agosto e setembro de 2023: Treinamento de brigadas de incêndio (PAI # 7 a 15)

Galeria Projeto Agrupado Brazilian Amazon REDD+

Impacto

Clima

+50 milhões de t de CO2e evitadas entre 2021 e 2032*

Quantidade de carbono que deixa de ser liberada na atmosfera com o não desmatamento ilegal de uma área de floresta, equivalente a quase 1 ano de emissões do estado de Santa Catarina (SEEG 2023)

*Projeção com base em áreas em andamento, em desenvolvimento e crescimento orgânico.

Comunidade

+770 famílias beneficiadas

Alto impacto: +70 famílias
Médio impacto: +250 famílias*
Baixo impacto: +450 famílias*

*Benefícios na mesma área de influência do projeto Cauaxi AUD

Energia e água

Comunicações e inclusão digital

Logística

Outros

Educação

Saúde

Treinamento e geração de emprego e renda

Biodiversidade

794 espécies de animais monitoradas

334 são endêmicas
34 são ameaçadas de extinção
(CR/EN/VU - IUCN Red List)

Além da preservação do habitat, o levantamento e monitoramento da fauna e flora nas áreas de projeto gera conhecimento sobre a riqueza e distribuição geográfica de espécies em áreas pouco ou nunca antes pesquisadas, como a identificação de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção.

Contribuição para os ODS

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Projeto Agrupado

Brazilian Amazon

O projeto Brazilian Amazon é validado para os padrões Verified Carbon Standard - VCS e Climate, Community and Biodiversity - CCB (Biodiversity Gold Level), auditado anualmente por uma instituição independente acreditada pela Verra.

Seja um parceiro da brC e lucre com a floresta em pé.

Veja o que alguns proprietários rurais estão dizendo

Rolar para cima